Sela


Galeria 1

A serpente serve a taça
A serpente serve a taça

Mater's Iguazu
Mater's Iguazu

Mater's Acqua
Mater's Acqua

Mater's Até que um dia você não se ache mais importante
Mater's Até que um dia você não se ache mais importante

T pastel
T pastel

Carpas
Carpas

Piscis 13
Piscis 13

Bromélia Guzmania
Bromélia Guzmania

Bromélia Aechmea Fasciata
Bromélia Aechmea Fasciata

Bromélia Tillandsia
Bromélia Tillandsia

Primitivo
Primitivo

Mater Flechas 12
Mater Flechas 12

Mater Flechas 11
Mater Flechas 11

Mural Margen
Mural Margen

Mater's De leite e de mel II
Mater's De leite e de mel II

Mater's 7
Mater's 7

Mater's Sulphur S 16
Mater's Sulphur S 16

Mater's Diâmetro
Mater's Diâmetro

Mater's Chiao
Mater's Chiao

Mater's Shen
Mater's Shen

Mater's T
Mater's T

Mater 8
Mater 8

Mater 9
Mater 9

Mater 10
Mater 10

Abre o mundo 3
Abre o mundo 3

Sudários do Mangue A
Sudários do Mangue A

Abre o mundo 1D
Abre o mundo 1D

Mater's Chiao
Mater's Chiao

Flechas Ígneas - Placas
Flechas Ígneas - Placas

Pegada
Pegada





Sela pintando Shen (inédito)
Sela pintando Shen (inédito)
Sela pintando Shen (inédito)
Sela pintando Shen (inédito)
Ampliar

Mater's no MAB

De 3 de março a 17 de abril dois Mater's estarão expostos no MAB. Uma realização da Fundação Cultural de Blumenau — FcBlu.

Confira a matéria no site da FcBlu

Abertura exposição MAB - Conversa
Durante Conversa com o artista na abertura da exposição no MAB, 3 de março de 2016

Mater's 32 Detalhe
Detalhe de Mater's 32

Sela no MAB
Sela e os Mater's

Sela e Mia
Sela e Mia Avila na abertura da exposição

Sela e Pablo
Sela e Pablo Cardellino

Abre o mundo no Salão de Artes de Vinhedo, SP

Salão de Artes de Vinhedo:

Salão de Exposições do Centro Cultural "Engenheiro Guerino Mário Pescarini"
Quarta a domingo das 12h às 21h
20 de agosto a 20 de setembro de 2015

Abre o mundo

Peça de Abre o mundo
Objeto / Cerâmica - 2013
A flecha é signo de transcendência e símbolo de ascensão a um espaço metafísico; a transcendência está sempre, portanto, armada, e a arma transcendente por excelência é a flecha, como disse o filósofo Gilbert Durand. A ponta de flecha foi um dos primeiros artefatos, de que se tem registro, que foram produzidos pelo homem desde as flechas produzidas pelos caçadores do paleolítico, e ainda hoje sua imagem simbólica é usada para abrir, conduzir de um estado, situação ou posição a outro, como por exemplo na sinalização de trânsito, o ícone de play, e ícone de abrir arquivos digitais nos aparelhos audiovisuais de tecnologia atual. Abre o mundo é uma Série de peças de cerâmica de 2013 da qual algumas obras foram apresentadas Peça de Abre o mundo
Objeto / Cerâmica - 2013
no SAV/2015 Salão de artes visuais de Vinhedo SP em 2015, no MAB Museu de Arte de Blumenau em 2014, no MASC – Museu de Arte de Santa Catarina, em 2009, no Colegio de arquitectos Nuevo Leon Monterrey MX, em 2009, na Bienal do Triângulo em Uberlândia, em 2007, no Museu Internacional de ceramica contemporánea B. Aires AR, em 2006. Abre o mundo promove a idéia de transcendência que a imagem poética da flecha sugere, para que, situados no presente, lembremos de nossa origem cultural, e a pré-histórica que em busca de melhores condições produziu instrumentos para a sobrevivência e desenvolvimento humano, como foi a flecha nos primórdios da humanidade, com vistas a superar, transcender as dificuldades que se apresentem ao desenvolvimento dos indivíduos em sociedade.

Sela – 2015


Abre o mundo no Museu de Arte de Blumenau

4ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau, outubro/novembro de 2014, com Mia Ávila

Abre o mundo

Abre o Mundo no Museu de Arte de Blumenau

Através de uma série de peças em cerâmica, Abre o mundo promove a ideia de transcendência que a imagem poética da flecha sugere, para que, situados no presente lembremos de nossa origem cultural, pré-histórica, que em busca de melhores condições produziu instrumentos para a sobrevivência e desenvolvimento humano, como foi a flecha nos primórdios da humanidade, com vistas a superar, transcender, as dificuldades que se apresentem ao desenvolvimento do indivíduo em sociedade.

Abre o Mundo no Museu de Arte de Blumenau

A flecha é signo de transcendência e símbolo de ascensão a um espaço metafísico; a transcendência está sempre, portanto, armada, e a arma transcendente por excelência é a flecha, como disse o filósofo Gilbert Durand. A ponta de flecha foi um dos primeiros artefatos, de que se tem registro, que foram produzidos pelo homem desde as flechas produzidas pelos caçadores do paleolítico, e ainda hoje sua imagem simbólica é usada para abrir, conduzir de um estado, situação ou posição a outro, como por exemplo na sinalização de trânsito, o ícone de play, e ícone de abrir arquivos digitais nos aparelhos audiovisuais de tecnologia atual.

Abre o mundo é uma Série de peças de cerâmica de 2013 da qual algumas obras foram apresentadas no MASC – Museu de Arte de Santa Catarina, em 2009, no Colegio de arquitectos Nuevo Leon Monterrey MX, em 2009, na Bienal do Triângulo em Uberlândia, em 2007, no Museu Intern. de ceramica contemporánea B. Aires AR, em 2006.

Touros

A amostra Touros Lei 9605 estará aberta ao público a partir de abril na Galeria do Café das Artes, à R. Esteves Júnior, 734, Florianópolis. As Bromélias estarão a partir de maio.

Cartaz da exposição Touros no Café das Artes

Pigmentos naturais: Oficina em Curitiba

Estão abertas as inscrições para a Oficina de Pintura com Pigmentos Naturais de Terra, em Curitiba, no Mímesis | Conexões Artísticas, em 11 de outubro, das 14h às 18h. Inscrições no local: R. João Manuel, 74 – São Francisco, fone (41) 3010-7746. E-mail: contato@mimesis.art.br

Flyer oficina de pigmentos Mímesis

Individual na Fundação Indaialense de Cultura (Indaial, SC)

Visitação a partir do dia 2 de agosto de 2013.

convite exposição FIC

Mater's Ácqua: a terra polarizada com a água

atelier de mater's Ácqua

Sela pintando Mater's Ácqua, 2013

Bromélias da Mata Atlântica na Lagoa da Conceição

Individual apresentando Bromélias da Mata Atlântica no Studio Lounge. Lagoa da Conceição, Florianópolis, SC. Até setembro de 2013

Exposição Bromélias Studio Lounge

Oficina de expressão e gesto

A partir de março de 2012. Mais informações

Quadro Mater Flechas 11

7o Conto e Poesia Sinergia

Lançamento do livro 7o Conto e Poesia, do Sinergia, em dezembro, 2011, no Palácio Cruz e Souza, Florianópolis.

Mater's no Museu Casa dos Açores

O Museu Casa dos Açores e o seu administrador, Valério Carioni, apresentaram os Mater's.

Sela junto dos Mater's
Foto: Estudio44.com 2011

Imagens da abertura:

Fachada MECA

Meus agradecimentos às autoridades que fizeram possível esta exposição e à equipe de montagem pelo seu ótimo trabalho: Acácio S., Anézio R., Alexandre, Gustavo L., Gustavo, Luiz Carlos, Luciano e Sérgio G.

Mater's no MAB

Convite Mater's no MAB

In action

Sela in action

Subterrânea

Subterrânea

Gulliverização e nanotecnologia

Texto sobre relações do meu trabalho com a gulliverização de Gilbert Durand e as pesquisas em nanociência. Leia aqui

Terra, carne e pele

Um mundo primitivo, ainda não criado em que se veem os poderes tremendos da natureza em constante movimento de criação e destruição; uma paisagem arrebatadora de um mundo sem fronteiras se apresenta no meu espaço pictórico, simultaneamente abstrato e figurativo. Abordo a superfície também na horizontal com acrílicas e terras coloridas; meu corpo voltado para a ela se sente mais próximo da pintura e, portanto, da terra.

Minha estética está relacionada à percepção da terra como matéria, origem e fim, efemeridade da vida sempre em movimento, uma visão que vibra com a mesma frequência do romantismo do início do séc. XIX, na obra de Caspar Friedrich e com a obra do expressionista abstrato Mark Rothko, que viam o aspecto sagrado no meio natural.

Certamente que o alvoroço tecnológico e mecanicista na arte contemporânea [...]

Ler texto completo

Poema

Meu Pincel é minha espada
com ele trago à tona
meus fantasmas
lhes dou luz e cor
um por um os domestico

meu pincel é minha espada

e assim eu me tempero
e assim eu me completo.

Mater's: monografia no site

Está disponível a minha monografia de conclusão do curso de Bacharelado em Artes Plásticas (Udesc 2008) sobre a série Mater's. Baixe aqui.

Individual no MASC:

convite Sela MASC

Mater's

A luz hiberna no âmago da matéria

Pelos respingos vulcânicos que nos mergulham no mundo larvar da natureza em convulsão, essa pintura põe-nos frente a frente com remotíssimas origens.

O emprego dos materiais mais orgânicos será um acidente. Porque o deveras constitutivo é a vontade de transformar a brutalidade agônica da matéria em possíveis firmamentos. Com isso se decide a dualidade, que é o segredo de tantas ciências e de tantas filosofias. Na coreografia das opacidades primordiais se esconde a virtual existência do transparente; na tese do elemental, a antítese da poética que precede a primeira aurora. Isso poderia lembrar, para além de Tàpies, o velho Courbet das rochas de Étrétat, o que, de resto, não importa. Importa sim, que Sela radicaliza. Que, ao entregar-se à necessidade de considerar a pintura assunto de corpo, de tato, é capaz de indicar as frestas do jogo e - por que não? - do devaneio.

João Evangelista de Andrade Filho

2009

Mas se você pensar em nós como vindos da terra, não como tendo sido lançados aqui, de alguma parte, verá que nós somos a terra, somos a consciência da terra. Estes são os olhos da terra, e esta é a voz da terra.

Joseph Campbell
O poder do mito

Mãe e matéria, a terra como origem do humano. A exaltação e o caráter sagrado da terra. Essa série de pinturas não procura representar o meio natural, o mundo primitivo e selvagem, mas sim apresentar a paisagem natural através da materialidade e da gestualidade.

A curadoria e a crítica de arte é de João Evangelista de Andrade Filho, as pinturas ocuparão 2 salas do Masc, Museu de Arte de Santa Catarina, têm ao mesmo tempo registro abstrato e figurativo, um dos aspectos mais interessantes na pintura contemporânea, como encontrados na pintura de Thomas Reinhold e e Miquel Barceló, de cujas palavras se aproximam: o paraíso é terreno.

Os Mater's sustentam que a possibilidade de transcendência se dá através da natureza, que o vínculo entre ela e o homem é indissolúvel.

Sela
2009

Exposição no Masc

Exposição "Momentos do Acervo", no MASC. Setembro 2008

under the skin - sob a pele

Exposição coletiva no Brasil do projeto "Sob a pele", com a participação de estudantes de arte brasileiros e alemães.

Sela e o registro da obra de Pasquale
foto Badesc

Acervo do MASC

Pintura Mater's Chiao:

Mater's Chiao

Bienal de Arte do Triângulo Mineiro 2007

Participa com cerâmica. Veja as fotos

Abre o mundo 1D

Agradecimentos

à Terra que me criou, a meus pais, ao amigo Júlio Gandia, ao artista e professor Dr. Antonio Vargas, ao crítico e curador João Evangelista de Andrade Filho, ao administrador do MCA, Valério Carioni.

153.pt.php 153.es.php 153.en.php 152.pt.php 152.es.php 152.en.php 151.pt.php 151.es.php 151.en.php 150.pt.php 150.es.php 150.en.php 149.pt.php 149.es.php 149.en.php 148.pt.php 148.es.php 148.en.php 147.pt.php 147.es.php 147.en.php 146.pt.php 146.es.php 146.en.php 145.pt.php 145.es.php 145.en.php 144.pt.php 144.es.php 144.en.php 142.pt.php 142.es.php 142.en.php 141.pt.php 141.es.php 141.en.php 140.pt.php 140.es.php 140.en.php 139.pt.php 139.es.php 139.en.php 138.pt.php 138.es.php 138.en.php 137.pt.php 137.es.php 137.en.php 136.pt.php 136.es.php 136.en.php 134.pt.php 134.es.php 134.en.php 133.pt.php 133.es.php 133.en.php 132.pt.php 132.es.php 132.en.php 131.pt.php 131.es.php 131.en.php 130.pt.php 130.es.php 130.en.php 129.pt.php 129.es.php 129.en.php 128.pt.php 128.es.php 128.en.php 127.pt.php 127.es.php 127.en.php 126.pt.php 126.es.php 126.en.php 125.pt.php 125.es.php 125.en.php 124.pt.php 124.es.php 124.en.php 123.pt.php 123.es.php 123.en.php 118.pt.php 118.es.php 118.en.php 117.pt.php 117.es.php 117.en.php 116.pt.php 116.es.php 116.en.php 115.pt.php 115.es.php 115.en.php 114.pt.php 114.es.php 114.en.php 113.pt.php 113.es.php 113.en.php 112.pt.php 112.es.php 112.en.php 111.pt.php 111.es.php 111.en.php 110.pt.php 110.es.php 110.en.php 109.pt.php 109.es.php 109.en.php 108.pt.php 108.es.php 108.en.php 105.pt.php 105.es.php 105.en.php 102.pt.php 102.es.php 102.en.php 84.pt.php 84.es.php 84.en.php 83.pt.php 83.es.php 83.en.php release.pt.php textos.pt.php curriculo.pt.php links.pt.php contato.pt.php dicas.pt.php release.es.php textos.es.php curriculo.es.php links.es.php contato.es.php dicas.es.php release.en.php textos.en.php curriculo.en.php links.en.php contato.en.php dicas.en.php



©2006 Selapintura.com

[Português] [English] [Español] [Português] [English] [Español]

[Dicas de navegação]